Eu Assisti: O Juiz (The Judge)

16.2.15

Faz um tempo que não resenho um filme por aqui hein? Não que eu não tenha visto filmes nos últimos tempos, mas é que não vi nada que me deixasse interessado a ponto de indicar pra vocês. E essa semana eu dei uma olhada em "O Juiz" (The Judge), um filme emocionante e muito bem construído.
Com Robert Downey Jr. vivendo o famoso e bem sucedido advogado Hank Palmer e Robert Duvall vivendo o turrão e teimoso juiz Joseph Palmer. A história é a seguinte, Hank volta a sua cidade natal depois de 20 anos, o retorno é pro velório de sua mãe, nesse retorno ele tem que lidar com o seu pai que é com quem não tem uma relação lá muito amigável, sua antiga cidade, antigos amigos, ex namorada, e o restante de sua família.

Hank não se encaixa mais naquele ambiente, e logo depois do enterro de sua mãe resolve partir, mas ai que a história começa a engrenar, o seu pai o juiz Joseph é acusado de homicídio e isso faz com que Hank volte a cidade para ajudar seu pai no caso, defendendo-o no tribunal. Os fatos a partir daí são maravilhosamente construídos, e temos uma entrega total dos Robert Downey Jr, no papel que diferente do "Homem de Ferro" exige muito do ator, e o show de atuação do Robert Duvall também é de encher os olhos.


Os papeis coadjuvantes também roubam a cena, e constroem uma história ainda mais completa, e interessante, temos a lindíssima Leighton Meester vivendo a jovem Carla, é um papel pequeno, mas  Leighton por si já enche a tela de luz. Temos também a atriz Vera Farmiga que me deixou muito intrigado com a sua semelhança com a nossa Camila Morgado.



O roteiro do filme não é nada original, mas a maneira sutil como diversos temas foram tratados com certeza deu um toque especial ao longa, palmas especiais pro diretor David Dobkin, que fez uma cena tão constrangedora ser mostrada sutilmente e até com uma dose de humor. A terceira idade e seus obstáculos estão presentes no filme, os casos conturbados de família, e a relação complicada de um casamento em crise.


Nossa, estou escrevendo esse texto com o coração ainda cheio de emoções, isso mesmo, não pense que não irá chorar com esse filme, por que vai. Se não chorar você vai ao menos suspirar (fundo) de emoção. Com certeza é um filme que vale muito a pena ser visto, e por que não apreciado. Deem uma olhada no longa, eu esperava que ele fosse parar no Oscar pela atuação dos Robert's, mas infelizmente não foi dessa vez.

Dá o play e acompanhe o trailer dessa maravilha de filme:



Me conta aqui nos comentários se já viu, e se sim o que achou? Ah, e me indica filmes interessantes, estou sempre a procura de novos entretenimentos.

Talvez goste disso

0 Comentários

Google+