Texto: Um momento intenso e pessoal

3.12.14

Estou cansado! Já começo descrevendo meu atual estado de espírito. Estou cansado, cansado desse cotidiano mais ou menos, dessas pessoas vazias que só pensam em sim mesmas e no que pode ser bom pro próprio ego. Estou cansado dessa hipocrisia real que mascara o tal amor.

Estou exausto por passar meus dias alimentando as feras, por passar meus dias costurando feridas, e pior ainda, estou cansado por passar esses meus dias destruindo e reconstruindo sonhos. Me sinto usado, mal acabado e um tanto quanto inútil por não ver resultados positivos dos meus projetos diários. Cansei de ficar sozinho, mas também canse de estar ao lado das pessoas erradas. Estou uma confusão por dentro.

Me cansei. Me cansei de amar e não ter de volta o mesmo amor ou pelo menos um terço dele. Me cansei de desejar extremamente  e nem ao menos ser desejado como um objeto que se pode comprar com o que restou nos bolsos.

O meu ultimo ano se resumiu a perdas, a chegadas, a estadias. Chegadas essas que me trouxeram menos do que prometeram, estadias essas que não me acrescentaram nada de positivo. Em contra partida, tive as perdas, todas profundas, levando de mim pedaços importantes, alguns deles até vitais.

Nesse momento me sinto um doente preso a uma cama, vegetando. Apenas sobrevivendo e não vivendo intensamente como deveria, pelo menos como dizia nos livros de aventura que cansei de ler repetidas vezes. Heróis, vilões, grandes batalhas ou aqueles mais atuais, com amigos bacanas, falsos amigos, viagens de carro pelo litoral.

Se minha vida fosse um livro esse com certeza seria aquele capitulo que todo mundo fala mal. Aquele que todo mundo quer pular, eu mesmo quero pular, quero ir pra próxima parte. Afinal de contas, já tive os romances que não valeram a pena, já tive os amigos que não eram realmente bons, já perdi as pessoas que mais amei, perdi pra morte e perdi também pra vida. Já chorei, já sorri, já me levantei.

Estou naquela fase em que nada acontece, aquele momento em que você espera ansiosamente pelo ato que ira mudar todo o rumo da história, aquela pessoa surpreendente, ou aquela pessoa que sempre esteve ali de coadjuvante e agora resolveu tomar as rédeas e mudar um pouco essa historia.

Agora falo diretamente com você, escritor da minha historia. Por favor, me manda algo, me dê um motivo pra continuar e me faça mais forte na próxima página. Se nada das opções anteriores forem possíveis, me dê ao menos uma pista de que tudo pode dar certo no final, e que eu só preciso aguentar um pouco mais.

Talvez goste disso

0 Comentários

Google+