TOP 5: Filmes para você se apaixonar

7.11.14


Você é do tipo de pessoa que adora chorar na frente da tv e ficar ali sentado torcendo por casais da ficção? Então bate aqui o/ por que eu sou exatamente assim, acho até que sou meio viciando no sabor das minha lágrimas, por que filmes que me façam chorar me deixam louco.

Eu não sou muito fã de comédias românticas,  eu até curto, mas não é o melhor meio de tratar um amor na minha opinião. Eu gosto mesmo é daquelas coisas sofridas, aqueles amores que chegam a ser trágicos. Seja qualquer forma de amor, um bom drama no relacionamento (da ficção) me deixam ali preso no sofá.

Pensando nesse meu vicio por filmes bonitinhos de casais dramalhões que eu resolvi fazer esse post. Vou indicar hoje pra vocês 5 filmes que são dramaticamente lindos, tem uma dose de comédia, mas com certeza o drama amoroso é o melhor dessas produções.

1.      Questão de Tempo (About Time/ 2013)

Esse é com certeza um filme lindo, e acho que vou repetir isso dos próximos filmes também, mas “Questão de Tempo” é um daqueles filmes que você ri junto e fica ali sonhando com o amor da sua vida.

Sinopse:  Ao completar 21 anos, Tim (Domhnall Gleeson) é surpreendido com a notícia dada por seu pai (Bill Nighy) de que pertence a uma linhagem de viajantes no tempo. Ou seja, todos os homens da família conseguem viajar para o passado, bastando apenas ir para um local escuro e pensar na época e no local para onde deseja ir. Cético a princípio, Tim logo se empolga com o dom ao ver que seu pai não está mentindo. Sua primeira decisão é usar esta capacidade para conseguir uma namorada, mas logo ele percebe que viajar no tempo e alterar o que já aconteceu pode provocar consequências inesperadas.




2.      Wall-E (2008)

Wall-E ? Como assim? Isso é um desenho pra criança. Quem disse isso? Esse filme é uma animação mas nem por isso deixa de ser um romance, daqueles sofridos ainda por cima. Quem é que não chorou com esse robozinho meigo e apaixonado? O Wall-E transmite todo o seu amor através dos seus olhos que dão até vontade de ter ele em casa. O seu amor pela Eva, pela terra e pelos humanos é inspirador.

Sinopse: Após entulhar a Terra de lixo e poluir a atmosfera com gases tóxicos, a humanidade deixou o planeta e passou a viver em uma gigantesca nave. O plano era que o retiro durasse alguns poucos anos, com robôs sendo deixados para limpar o planeta. Wall-E é o último destes robôs, que se mantém em funcionamento graças ao auto conserto de suas peças. Sua vida consiste em compactar o lixo existente no planeta, que forma torres maiores que arranha-céus, e colecionar objetos curiosos que encontra ao realizar seu trabalho. Até que um dia surge repentinamente uma nave, que traz um novo e moderno robô: Eva. A princípio curioso, Wall-E logo se apaixona pela recém-chegada.




3.      Ela (Her/ 2014)

Esse é novo, lindo, dramático, fictício e maravilhoso. Em “Ela” você também se apaixona, e pode acreditar que no final desse filme você vai ai ficar pensando na influencia da tecnologia na nossa vida e nos nossos sentimentos. É o tipo de filme que te faz pensar na vida e rever algumas escolhas.

Sinopse: Theodore (Joaquin Phoenix) é um escritor solitário, que acaba de comprar um novo sistema operacional para seu computador. Para a sua surpresa, ele acaba se apaixonando pela voz deste programa informático, dando início a uma relação amorosa entre ambos. Esta história de amor incomum explora a relação entre o homem contemporâneo e a tecnologia.





4.      Edward Mãos de Tesoura (Edward Scissorhands/1991)

Um clássico, e com certeza um dos melhores filmes de romance da história. Com Edward você aprende a amar o diferente, a respeitas as diferenças e principalmente aprende a lidar com essas diferenças. A mensagem do filme é com certeza tocante e transformadora, deviam dar uma olhada.

Sinopse: Peg Boggs (Dianne Wiest) é uma vendedora da Avon que acidentalmente descobre Edward (Johnny Depp), jovem que mora sozinho em um castelo no topo de uma montanha, criado por um inventor (Vincent Price) que morreu antes de dar mãos ao estranho ser, que possui apenas enormes lâminas no lugar delas. Isto o impede de poder se aproximar dos humanos, a não ser para criar revolucionários cortes de cabelos, mas ele dá vazão à sua solidão interior ao podar a vegetação em forma de figuras ou esculpir lindas imagens no gelo. No entanto, Edward é vítima da sua inocência e, se é amado por uns, é perseguido e usado por outros.





5.      Amor e Outras Drogas (Love and Other Drugs/2011)

Com a lindíssima Anne Hathaway e o Jake Gyllenhaal temos muitos motivos para rir, e muitos, muitos motivos mesmo para chorar. Temos surpresas nesse filme que mudam a nossa visão da história, que no começo parece mais um daqueles filmes bobos e sem conteúdo, mas isso muda completamente conforme novos elementos vão surgindo. Eu fui ver esse filme no cinema e sai de lá com vergonha por que chorei mais do que as minhas amigas, e isso foi meio humilhante.

Sinopse: Jamie Randall (Jake Gyllenhaal) é um garanhão incorrigível, do tipo que perde a conta do número de mulheres com quem já transou. Após ser demitido do cargo de vendedor em uma loja de eletrodomésticos por ter seduzido uma das funcionárias, ele passa a trabalhar num grande laboratório da indústria farmacêutica. Como representante comercial, sua função é abordar médicos e convencê-los a prescrever os produtos da empresa para os pacientes. Em uma dessas visitas, ele conhece Maggie Murdock (Anne Hathaway), uma jovem de 26 anos que sofre de mal de Parkinson. Inicialmente, Jamie fica atraído pela beleza física e por ter sido dispensado por ela, mas aos poucos descobre que existe algo mais forte. Maggie, por sua vez, também sente o mesmo, mas não quer levar o caso adiante por causa de sua doença.


Talvez goste disso

0 Comentários

Google+